Absenteísmo e Turnover: um guia rápido e essencial

É essencial controlar os índices de absenteísmo e turnover, pois quando estão muito altos podem gerar vários problemas para a empresa.

O índice de absenteísmo indica o número de faltas e atrasos dos colaboradores e o índice de turnover se refere ao número de demissões e contratações realizadas na empresa.

Quando esses dois índices estão altos as causas podem ser as mesmas, por isso é importante que a organização tome medidas para combater isso.

Neste artigo você vai conferir um guia rápido e essencial de absenteísmo e turnover e entender melhor o que são esses índices.

Também vai compreender a importância de mantê-los sob controle, o que pode aumentá-los e quais as formas de combater esse aumento.

Qual a diferença entre absenteísmo e turnover?

absenteísmo e turnover

Absenteísmo se refere à quantidade de faltas e atrasos que um colaborador possui em certo período.

Ele envolve as faltas não justificadas, licenças médicas, imprevistos ou indisciplina e atrasos, onde o funcionário não produziu.

Quando há excesso de faltas pode gerar a demissão do colaborador.

Já o turnover é o fluxo de demissões e contratações de uma empresa durante certo período.

A demissão pode ser voluntária ou involuntária.

Como calcular absenteísmo e turnover?

É importante que você acompanhe as taxas de absenteísmo e turnover na sua empresa.

Para isso você deve realizar o cálculo de absenteísmo e turnover de tempos em tempos para avaliar a situação e caso seja necessário elaborar estratégias para evitar o aumento dessas taxas.

Vamos conhecer como é feito os dois cálculos a seguir.

Cálculo de absenteísmo

O cálculo de absenteísmo mais comum é:

A multiplicação da quantidade média de colaboradores (QMC) por dias úteis perdidos (DP) dividido pela multiplicação da quantidade média de colaboradores (QMC) por total de dias úteis (TDU).

Ou seja:

QMC x DP / QMC x TDU = Índice de absenteísmo

Para ver isso na prática vamos supor que sua empresa tenha 300 colaboradores. Em um mês 30 deles tiveram faltas e atrasos e somando esses períodos resultaram na perda de seis dias úteis.

Os gestores decidem fazer o cálculo mensal do índice de absenteísmo, em que no mês teve 22 dias úteis trabalhos.

Então o cálculo ficaria da seguinte forma:

300 x 6 / 300 x 22 = 1800 / 6600 = 0,27 ou 27% de absenteísmo

O aceitável para absenteísmo é ficar entre 7 e 10%, por isso no caso do valor do exemplo é preocupante e precisa de atenção.

Cálculo de turnover

Há três cálculos de turnover:

  • turnover geral que calcula as contratações e demissões mensais;
  • turnover de desligados que calcula o total de demissões mensais;
  • turnover de admissões que calcula quantos profissionais com menos de 6 meses de atuação saíram da empresa.

Para calcular o turnover geral é somada as contratações mensais (CM) e as demissões mensais (DM) e o resultado é dividido por 2 depois é dividido novamente pelo total de colaboradores (TC).

Então o cálculo ficaria assim CM + DM / 2 / TC = turnover geral.

Para calcular o turnover de desligados é dividido o total de demissões mensais (TDM) pelo total de colaboradores (TC).

Então o cálculo ficaria assim TDM / TC = turnover de desligados.

Já para calcular o turnover de admissões é dividido o total de demissões de funcionários com menos de 6 meses de atuação (TD6M) pelo total de colaboradores (TC).

Então o cálculo ficar assim TD6M / TC = turnover de admissões.

O resultado assim como o absenteísmo também é dado em porcentagem e quando o turnover geral é maior do que 5% a taxa é bem elevada e por isso a empresa deve ficar atenta.

Qual a importância de manter os índices de absenteísmo e turnover sob controle?

absenteísmo e turnover

Altas taxas de absenteísmo e turnover podem prejudicar muito a organização.

Pois quando há muitas faltas, outros empregados podem ficar sobrecarregados com as tarefas dos colaboradores que faltaram e assim diminuir a produtividade.

Ao mesmo tempo quando a rotatividade na empresa aumenta acaba afetando os setores e interferindo no funcionamento da empresa.

Por isso é importante manter esses índices sob controle e evitar os problemas que vamos falar no tópico a seguir.

Quais problemas são gerados pelas altas taxas de absenteísmo e turnover?

Vamos conhecer os problemas que podem ser causados pelos altos índices de absenteísmo e turnover.

Redução da produtividade

Seja faltando ou sendo demitido um colaborador pode prejudicar o bom andamento do trabalho de uma equipe.

Dessa forma gerando mais carga de trabalho para os outros funcionários, reduzindo a produtividade.

Mas mesmo que um novo profissional seja contratado vai levar um tempo para que ele se habitue ao novo trabalho e se torne produtivo.

Piora do clima organizacional

absenteísmo e turnover

Tudo o que acontece dentro da empresa impacta o emocional dos colaboradores.

Assim se há uma grande frequência de demissões o clima organizacional é prejudicado.

Pois além de aumentar a carga de trabalho gera medo nos funcionários de que serão os próximos a serem demitidos.

Assim os colaboradores ficam mais estressados e desmotivados, o que acaba gerando mais conflitos nas equipes e entre os setores que podem passar a se culpar por atrasos nas demandas.

Prejudica a marca empresarial

Quando há uma alta taxa de turnover em uma empresa sua imagem acaba sendo afetada e assim há menos chances de atrair e reter bons profissionais.

Pois a organização se mostra instável e incapaz de reter colaboradores.

Além disso, como há a diminuição da produtividade a empresa também pode ser mal vista pelos clientes que não são atendidos dentro do prazo estipulado.

Gera mais custos

Muitos desligamentos e contratações acabam gerando custos para a empresa como a baixa produtividade.

Além da necessidade de fazer processos de recrutamento e seleção e treinamento dos novos colaboradores.

Quais são as principais causas do absenteísmo e turnover?

As razões para faltas, atrasos e demissões podem variar de um colaborador para o outro, podendo estar relacionado a problemas pessoais ou falta de disciplina.

Mas quando se trata de algo constante a empresa pode ser a responsável.

Vamos conhecer as principais causas do absenteísmo e turnover.

Falta de incentivo para desenvolvimento profissional

absenteísmo e turnover

A maioria dos profissionais deseja se desenvolver profissionalmente e quando a empresa não dá incentivos para isso os colaboradores podem ser sentir desmotivados.

Assim podem buscar oportunidades em outras organizações.

Você pode evitar isso investindo em treinamentos para melhorar o desempenho dos funcionários e em programas de desenvolvimento para que possam crescer profissionalmente.

Salários muito baixos

É importante analisar qual a média dos salários para cada cargo para que o valor que a empresa ofereça não esteja muito abaixo.

Pois isso é outro fator que pode acabar desmotivando os profissionais.

Quando não dá pra aumentar muito o valor da remuneração você deve investir em um pacote de benefícios para complementar o salário.

Dessa forma pode ajudar os colaboradores a reduzirem seus custos e a melhorar sua qualidade de vida.

Má gestão interna

Quando há falha no gerenciamento da empresa e não estão claras as funções de cada cargo podem acontecer conflitos e problemas entre os setores.

Por isso é bom que haja um sistema hierárquico para determinar a responsabilidade de cada atividade e assim todos saibam qual é sua função.

Clima organizacional ruim

Excesso de conflitos entre os colaboradores e equipes, fofocas, competição e pressão por parte dos gestores pode tornar o clima organizacional ruim.

Dessa forma pode acabar afastando os profissionais.

Pois ninguém gosta de trabalhar em um ambiente que se sente mal, não é mesmo.

Isso apenas gera stress, desmotivação e aumenta a vontade dos funcionários de pedirem demissão.

Por isso é importante estimular o trabalho em equipe e a colaboração entre os profissionais para que o ambiente seja mais harmonioso e livre de conflitos.

Metas exageradas

absenteísmo e turnover

Além do salário e benefícios o que motiva o colaborador é o compartilhamento de objetivos com sua equipe e que juntos sejam capazes de alcançá-los.

Mas quando as metas são impossíveis de atingir os funcionários se sentem desmotivados.

Processo seletivo mal feito

Além das competências técnicas é importante se atentar ao perfil comportamental dos candidatos.

Assim é possível analisar quais deles se alinham com os valores da empresa e clima organizacional.

Pois ao escolher um profissional que não se adapta à cultura da empresa pode acabar resultando em demissão.

Falhas na comunicação

Outro ponto crucial para evitar absenteísmo e turnover é a comunicação, pois quando ela é feita de modo eficaz os colaboradores tem clareza nas atividades que devem realizar.

No entanto quando há falhas na comunicação pode haver mal-entendidos e frustrações.

Dessa forma os profissionais se sentem desmotivados e há uma tendência maior de haver faltas e até mesmo pedidos de demissão.

Quais ações a empresa deve tomar para combater absenteísmo e turnover?

Agora que você entendeu o que gera o absenteísmo e turnover chegou a hora de conhecer quais ações a empresa deve tomar para combater esses problemas.

Assim pode proporcionar mais satisfação aos colaboradores.

Entenda quais são os motivos

absenteísmo e turnover

É importante que você avalie quais são os motivos para faltas, atrasos e demissões.

Por isso é válido fazer uma pesquisa na empresa para identificar os colaboradores que se atrasam e faltam e quais são os motivos para essas ações.

Você também deve pesquisar a taxa de absenteísmo dos gestores de cada setor, quais os funcionários que trabalham após o expediente.

Além dos gastos que o turnover está gerando para a organização.

Dessa forma é possível saber se o problema está na empresa ou no funcionário e elaborar estratégias para mudar a situação.

Aplique a pesquisa de clima organizacional

A pesquisa de clima organizacional permite que você saiba se os profissionais estão satisfeitos ou não trabalhando na empresa.

Por isso é bom elaborar perguntas que indiquem se há conflitos na equipe e falta de incentivo em relação a benefícios, salários e desenvolvimento profissional.

Invista no processo seletivo

Como mencionamos quando o processo seletivo é mal feito há grandes chances de contratar profissionais desalinhados e que aumentem os índices de turnover.

Por isso é bom investir em softwares de recrutamento e seleção que realizam uma seleção inteligente de currículos, avaliando se os candidatos têm o perfil ideal para a organização.

Conheça o software de recrutamento e seleção da Empregare e tenha em mãos uma ferramenta eficiente.

Ela vai ajudar a diminuir os custos com a gestão de pessoas e a contratar profissionais alinhados com a cultura da empresa.

Acesse nosso site e saiba mais informações.

Motive os colaboradores

absenteísmo e turnover

Também é importante manter a motivação dos funcionários.

Pois assim eles se tornam mais produtivos, se sentem mais satisfeitos com o trabalho e melhoram sua qualidade de vida.

Por isso você deve incentivá-los por meio de benefícios como plano de saúde, participação nos lucros e resultados, bolsas de estudo, flexibilidade de horários, vale alimentação e refeição.

A empresa também pode ter uma área de lazer ou mesmo um local destinado para que os funcionários tirem uma soneca após o almoço.

Assim podem relaxar e recuperar sua energia para voltar ao trabalho.

Além disso, os gestores devem ser instruídos para reconhecer os esforços de seu time, fazer elogios e destacar os profissionais que apresentarem o melhor desempenho.

Desenvolva um plano de carreira

Quando os colaboradores dão bons resultados para a empresa e se empenham em suas tarefas há uma expectativa por parte deles de desenvolvimento profissional.

Quando isso não acontece com o passar dos anos vão se sentindo cada vez mais desmotivados.

Por isso é essencial que a organização tenha um plano de carreira definido para que os funcionários saibam qual o caminho que terão que percorrer para atingirem seus objetivos e assim se sentirão mais motivados.

Tome medidas para promover a saúde física e mental dos colaboradores

absenteísmo e turnover

Quando a empresa investe em um ambiente confortável e em ações para manter a qualidade de vida de seus colaboradores, eles se sentem mais valorizados.

Por isso é bom investir em um plano de saúde e odontológico, proporcionar um ambiente com equipamentos confortáveis e materiais de apoio para melhorar o trabalho.

Você também pode promover treinamentos com terapeutas para unir mais a equipe e proporcionar momentos de descontração e descanso no final do dia.

Assim mais relaxados, os profissionais se sentirão menos estressados e isso contribuirá para sua saúde física e mental.

Conclusão

Como você viu a satisfação dos funcionários está totalmente relacionada com as taxas de absenteísmo e turnover em uma empresa.

Por isso entender os motivos para esses problemas pode ser a chave para traçar um plano de ação e tomar medidas para melhorar o clima organizacional.

Quando isso é feito os profissionais se sentem mais motivados e passam a produzir mais e apresentarem um desempenho melhor, o que impacta nos resultados da organização.

Assim se sentem mais satisfeitos dentro da empresa e as taxas de absenteísmo e turnover passam a diminuir.

Dessa forma gastos são evitados e a organização é beneficiada com mais lucros e resultados.

Previous article Gestão de Pessoas à Distância: um guia prático
liderança
Next article Liderança: como formar bons líderes?

Escreva um comentário

Close