Inteligência artificial e o futuro do planejamento de carreira

Inteligência artificial

As novidades tecnológicas que vieram ao público nas últimas décadas transformaram definitivamente a forma como o homem pensa, se comporta e até mesmo como produz. A inteligência artificial (AI) não é um fenômeno recente. Mas, se expandiu muito nos últimos anos e praticamente tudo o que fazemos on-line envolve este conceito. E o uso da inteligência artificial irá se intensificar ainda mais nos próximos anos.

Em todos os setores produtivos, a tecnologia é utilizada para tornar os negócios ainda mais diferenciados. Em relação ao planejamento de carreira e recrutamento e seleção não é diferente. Novos softwares e sistemas on-line permitem desenvolver estratégias para a criação de plano de carreira, gestão de talentos, processo seletivo, treinamento e desenvolvimento pessoal. Todas as etapas dos Recursos Humanos (RH) ganham uma nova perspectiva com a inteligência artificial.

Mudanças nas carreiras e profissões

Qualquer especialista em RH consegue perceber a dimensão das mudanças ocorridas nos ambientes de trabalho. Estas mudanças surgiram a fim de priorizar ambientes mais produtivos e eficientes.

No entanto, esta evolução não está restrita apenas ao ambiente de trabalho. Mas, à cultura organizacional e também aos modelos de profissões e carreiras.

Novas profissões surgiram e estamos diante de uma quebra de paradigma em relação ao modo de lidar com talentos humanos e planejar carreiras. É cada vez mais desafiador encontrar o profissional mais adequado para o perfil almejado pela empresa, devido a estas transformações estruturais das carreiras e profissões. Bem como ao mercado cada vez mais competitivo.

Diante de tantas mudanças, o próprio cenário tecnológico oferece soluções. Tecnologias como a inteligência artificial têm contribuído para minerar informações relevantes ao processo seletivo, à diversidade de contratações e às estratégias para um recrutamento e seleção mais eficiente.

Inteligência artificial

Um exemplo disso é a possibilidade da inteligência artificial conectar os candidatos aos empregos e a reter colaboradores.

Esta tecnologia pode ser aplicada ainda em outros momentos da gestão de talentos. Como é o caso do desenvolvimento humano, capacitação, treinamento e até no plano de carreira oferecido pelas empresas. O intuito é de ajudar os profissionais a crescerem e alcançarem suas aspirações de carreira.

Afinal, o que é inteligência artificial?

Primeiramente, deixemos claro que inteligência artificial (AI – Artificial Intelligence) não é coisa de filme de ficção científica.

Trata-se de uma inteligência similar à humana exibida por mecanismos tecnológicos ou software. Ela é estabelecida por agentes inteligentes, que nada mais são do que sistemas aprimorados e de alta performance, cujos algoritmos permitem que a máquina possa aprender e oferecer soluções, de maneira autônoma.

A inteligência artificial é uma área da computação dedicada a buscar métodos ou dispositivos computacionais. Seu objetivo é contribuir com a capacidade racional do ser humano de resolver problemas.

Na verdade, não se trata de uma única tecnologia, mas de vários conceitos agregados que tornam a inteligência artificial viável. Como, por exemplo, o Big Data.

Aplicando a inteligência artificial

Este conceito é empregado atualmente em todas as áreas produtivas e acaba realizando apenas tarefas específicas ao contexto em que é aplicada.

Por exemplo, na área de recrutamento e seleção, ao divulgar um anúncio de vaga em um território abrangente, a empresa receberá, em um período, milhares de currículos ou candidaturas. A inteligência artificial pode ser empregada em sistemas capazes de explorar informações e cruzar dados. Assim, apontando os candidatos com melhor adequação ao perfil almejado.

O mesmo podemos dizer sobre o processo de divulgação de vagas. Os anúncios podem aparecer em diversas mídias digitais, em buscas específicas realizadas pelos profissionais mais adequados. E mesmo antes da publicação da vaga, em uma pesquisa prévia pelo mercado, é possível buscar por profissionais específicos e fazer uma pesquisa bastante abrangente e automatizada.

Estes são apenas alguns exemplos, mas que dão uma perspectiva importante sobre o que esperar da inteligência artificial na atualidade.

Inteligência artificial

Até mesmo no planejamento de carreira a inteligência artificial é muito eficaz. Seja da composição de estratégias em curto, médio e longo prazo para os cargos e funções, na previsão de novas demandas profissionais, na indicação de necessidade de aprimoramento e capacitação, ou na análise da produtividade, e muito mais.

Inteligência artificial e carreiras

Para ampliar ainda mais o conhecimento sobre as oportunidades trazidas pela inteligência artificial ao planejamento de carreira e recrutamento e seleção, vejamos a seguir três etapas de gestão de talentos e como podem ser beneficiadas por este conceito, hoje e futuramente.

Vagas e processo seletivo

Há várias funções do processo seletivo que podem ser beneficiadas pela inteligência artificial. Por exemplo, na criação de organogramas de carreira e plano de carreira, a inteligência artificial pode contribuir verificando demandas, preenchendo arestas e até mesmo contribuindo para o desenvolvimento de perfis profissionais.

Já as descrições de vagas, por exemplo, é outra função que pode ser automatizada pela inteligência artificial. O Processamento de Linguagem Natural (NLP, na sigla em inglês) contribui para otimizar as descrições de vagas a partir de critérios e informações existentes nos perfis funcionais.

Em contrapartida, a mesma metodologia é capaz de otimizar a busca do candidato, ajudando a identificar empregos mais relevantes para as suas qualificações conforme a análise das descrições de vagas. Desta forma, os sistemas inteligentes ajudam e encorajam o candidato a se candidatar para as vagas mais adequadas.

É por isso que a descrição de vagas e desenvolvimento de anúncios de vagas, como já falamos neste artigo, deve ocorrer de forma muito estratégica e inteligente. Pois, cada vez mais, devido às tecnologias inteligentes, as descrições de emprego e os currículos se tornam mais personalizados. Além disso, oferecem mais recursos para otimizar o processo e reduzir o tempo, de forma a ajudar a atrair os talentos.

Ferramentas inteligentes

Há ainda ferramentas inteligentes que podem ser empregadas no processo seletivo e fazer a diferença entre os candidatos. É o caso dos botões de autopreenchimento e do botão de chat, que não requer a interação humana, mas funciona com um robô, respondendo as dúvidas dos candidatos.

Isto é, os candidatos podem fazer perguntas sobre o cargo ainda na leitura da descrição da vaga com um simples botão. Com a inteligência artificial, o sistema aprende com os questionamentos e pode ampliar a possibilidade de resposta.

Avaliação dos candidatos

Quando há milhares de candidaturas, fica difícil avaliar os candidatos de forma eficiente e adequada. O processo manual de avaliação é custoso e demorado, e a empresa perde muito neste sentido. Mas, por mais que o crivo do recrutador seja fundamental para a contratação correta, a inteligência artificial pode ajudar nesta análise.

O sistema pode verificar as competências dos candidatos e contrapor com os requisitos essenciais do perfil e da vaga anunciada. Outras informações, como treinamentos e formações também podem ser analisadas na busca inteligente.

Além disso, o sistema pode fazer simulações entre o perfil do candidato e o perfil idealizado pela empresa. A inteligência artificial pode ser aplicada ainda em funções como exercícios, testes e análise de formulários.

A gamefication (gameficação) é um conceito cada vez mais empregado em Recursos Humanos. E pode efetivar o uso de mecânicas e dinâmicas de jogos para engajar pessoas, testar suas habilidades, resolver problemas e melhorar o aprendizado. É possível até criar simulações com problemas cotidianos para cada cargo, a fim de avaliar as suas competências.

Desenvolvimento humano

Acima apresentamos apenas algumas possibilidades trazidas pela inteligência artificial. Mesmo que haja várias soluções tecnológicas que podem otimizar o processo seletivo e gerenciar o capital humano das empresas, o processo ainda depende da habilidade do recrutador. Contudo, nota-se que o processo seletivo ganha outro caráter com a adoção de ferramentas inteligentes.

De milhares de candidatos, é possível ranquear as melhores opções. Das dezenas de colaboradores contratados, é possível mensurar o que é preciso para torná-los ainda mais produtivos. Afinal, um dos papéis das empresas é desenvolver talentos.

Planejamento de carreira após a contratação

A inteligência artificial não está restrita aos processo seletivo, como já dissemos anteriormente.

Uma vez contratados, há outras demandas do RH que requerem o uso de tecnologias inteligentes. Uma carreira profissional possui eventos comuns, como demissão, promoção, capacitação e aprimoramento, recolocação, descarrilamento, aposentadoria, entre outros. É normal o profissional trocar de emprego, empresa ou função ao longo de sua carreira. Inclusive a chamada geração Millennial troca mais de emprego que as anteriores.

Desta forma, é importante que os especialistas em recrutamento tenham condições de criar planos de carreira e mapear a trilha de desenvolvimento profissional de seus colaboradores. Só assim eles conseguem garantir mais possibilidades dos funcionários permanecerem na empresa.

Os algoritmos da inteligência artificial podem, neste sentido:

  • identificar estratégias de planejamento de carreira;
  • avaliar o desempenho;
  • prever mudanças estruturais conforme o crescimento do negócio;
  • indicar a evolução dos cargos e salários;
  • utilizar os anseios profissionais e a visão dos colaboradores com o objetivo de indicar trajetórias mais assertivas, e muitas outras possibilidades.

Além disso, todas as fases de contato da empresa com os profissionais podem ser facilitadas com a inteligência artificial.

Sistema inteligente de Recrutamento e Seleção on-line

Que tal colocar a sua empresa em outro patamar em relação ao gerenciamento de talentos?

Ter as ferramentas corretas e de alta performance nos processos de RH é um diferencial entre as empresas que desejam se manter competitivas no mercado.

Sendo assim, conheça o Software de Recrutamento e Seleção Empregare e veja como otimizar todo o processo seletivo da sua empresa. Através dele você será capaz de tornar os processos mais lucrativos e produtivos. Este recurso possui ferramentas exclusivas e eficientes para diferentes tipos de recrutamento e seleção.

Acesse este link e confira todos os detalhes. Solicite ainda uma demonstração em tempo real.

Além disso, aproveite para conferir as novidades da Empregare no Youtube e no Instagram.

E o conhecimento não para por aqui.

Veja também: Recrutamento e Seleção a distância – 5 vantagens para a sua empresa

Gostou das dicas sobre inteligência artificial aplicada ao planejamento de carreira? Deixe um comentário a seguir e compartilhe estas ideias nas suas redes sociais!

Saúde Mental dos Colaboradores - Entenda a importância
Artigo anterior Saúde Mental dos Colaboradores: entenda a importância
Como economizar tempo nos processos seletivos?
Próximo artigo Como o IEL MT reduziu em 80% o tempo nos processos seletivos?

Escreva um comentário

Fechar