Os 10 Indicadores Fundamentais de RH Para Você Conhecer e Usar

O uso dos indicadores fundamentais de RH é essencial para o monitoramento e desenvolvimento das empresas.

Pois essas métricas têm como objetivo apontar falhas e melhoramentos que a organização deve se atentar, assim ajudando a melhorar tarefas e processos.

Neste artigo você vai conhecer os 10 indicadores fundamentais de RH e saber mais sobre essas métricas e como pode usá-las em sua empresa.

O que são indicadores de RH?

Os indicadores de RH são métricas usadas para identificar a circunstância da empresa com o objetivo de avaliar quais as melhores ações a serem tomadas.

Essas métricas são essenciais na gestão de uma empresa e precisam ser mensuradas de forma correta para que o RH e os gestores possam melhorar os processos, tarefas e resultados.

Quais os 10 indicadores fundamentais de RH?

Há vários indicadores que podem ser usados para reconhecer as condições da empresa e assim ajudar na tomada de decisão.

Para usá-los a empresa deve levar em consideração vários fatores como número de funcionários, tamanho da empresa, grau de dificuldade dos processos, entre outros.

Mas vamos conhecer os 10 indicadores fundamentais de RH e que podem ser usados por empresas de todos os setores.

Rotatividade

Rotatividade ou turnover se refere a entrada e saída de funcionários dentro da empresa, ou seja, quantidade de contratações e demissões.

Quando a porcentagem de turnover está muito alta indica que os colaboradores estão insatisfeitos com a empresa e ela não tem capacidade para reter talentos.

Uma alta rotatividade gera despesas devido aos valores que a organização tem que pagar com as rescisões de contrato.

Além de novos processos de recrutamento e seleção e o impacto que a saída de um membro da equipe causa, podendo diminuir o ritmo e a produtividade.

Para mensurar o turnover é preciso fazer um cálculo que divide o número de colaboradores desligados pelo número total de colaboradores ativos dentro de um mesmo período de tempo.

Então o resultado você deve multiplicar por 100 e pronto já dá a porcentagem do turnover.

Essa porcentagem deve estar abaixo de 5% para ser ideal, se não for o caso a empresa deve elaborar estratégias de ação para evitar que os funcionários deixem-na.

Absenteísmo

Bem-estar dos colaboradores

Outro indicador importante é o absenteísmo, que indica os funcionários que tiveram que deixar sua função por algum tempo.

Isso pode ser devido às faltas, atrasos e afastamentos.

Identificar se isso está sendo recorrente em sua empresa e os motivos podem indicar que os colaboradores estão insatisfeitos com o ambiente de trabalho.

Assim é preciso entender se a empresa está tomando medidas para melhorar a motivação e engajamentos dos funcionários, além de prover um ambiente de trabalho saudável.

A taxa de absenteísmo é medida pelo fator Bradford, o cálculo é feito da seguinte forte:

F x F x D = Fator Bradford

O F indica a frequência de faltas e o D o número total de dias ausentes.

O resultado ideal é abaixo de 450, caso for acima é bom estudar o que está acontecendo e tomar as medidas necessárias para solucionar o problema.

Retenção de Talentos

Esse indicador mostra se as estratégias que a empresa está aplicando para reter talentos estão dando certo.

Por isso é importante a organização analise quais profissionais deseja manter a qualquer custo e avaliar se esses colaboradores estão tendo um bom desempenho e gerando bons resultados.

Caso alguns profissionais tenham um mau desempenho e estejam gerando menos resultados é importante verificar o que está acontecendo.

Assim é possível encontrar onde está havendo problemas e descobrir os motivos que levam esses funcionários a estarem insatisfeitos com a empresa.

O indicador de retenção de talentos pode ser avaliado por meio de avaliações de desempenho e produtividade e questionários de satisfação.

Sabe qual outra forma de reter talentos?

Realizando um processo seletivo assertivo e que seja capaz de encontrar o candidato ideal para a vaga que deseja ofertar.

Conheça o Software de Recrutamento e Seleção que da EMPREGARE e se beneficie com a otimização de seus processos de recrutamento e seleção.

Satisfação

Como mencionamos no tópico anterior manter os funcionários satisfeitos é a chave para reter talentos.

Por isso a empresa deve medir a satisfação de seus colaboradores aplicando questionários em que os profissionais devem dar uma nota de 0 a 10 para as perguntas.

As perguntas devem estar relacionadas com o ambiente de trabalho e os benefícios que a empresa proporciona para seus colaboradores.

Dessa forma é possível entender como anda a satisfação dos funcionários e tomar medidas para melhorar a situação, caso a satisfação esteja baixa.

Assim é possível não só reter talentos como melhorar a produtividade, reduzir as faltas, a rotatividade e melhorar o clima organizacional.

Clima organizacional

Outro indicador que toda empresa deve medir é o clima organizacional, pois ele mostrará se a empresa está oferecendo um ambiente de trabalho saudável para seus colaboradores.

Pois caso haja problemas como conflitos entre colegas e líderes, remuneração baixa, sobrecarga de tarefas ou se não houver oportunidades de desenvolvimento profissional ou benefícios o clima organizacional pode estar precisando de melhorias.

Assim da mesma maneira que a satisfação dos colaboradores o clima organizacional identifica os problemas que podem estar prejudicando a rotina do ambiente de trabalho.

Dessa forma é possível tomar medidas para melhorar essa situação e aumentar a produtividade, manter os funcionários na empresa e melhorar a sintonia entre todos.

Horas extras por horas trabalhadas

Esse indicador ajuda a identificar se é preciso contratar mais colaboradores.

Pois ele mede a relação das horas extras com as horas trabalhadas, ou seja, se houve aumento de demanda nos últimos tempos.

Quando isso acontece a longo prazo e a equipe precisa trabalhar horas extras os funcionários podem diminuir a produtividade, ficar exaustos e assim faltar ao trabalho e até mesmo pedir demissão.

Por isso esse indicador mostra se os colaboradores estão muito sobrecarregados para que se for o caso, contratar mais pessoas.

Assim além de melhorar a produtividade e satisfação dos funcionários ainda vai reduzir os custos, já que as horas extras valem 50% a mais do que a carga horária normal.

Headcount

Esse indicador indica o número de funcionários que há na empresa, podendo identificar se a quantidade de profissionais aumentou ou diminuiu.

Por isso se a empresa tem o objetivo de crescer esse é um bom indicador para usar e verificar se houve o desenvolvimento esperado.

Assim é possível analisar os motivos do resultado e entender no que a empresa pode estar acertando ou errando para elaborar novas estratégias para ter resultados melhores.

Investimento em treinamento

Onboarding de novos colaboradores

Investir em treinamento é uma boa forma de ajudar seus colaboradores a se desenvolver e a alcançar bons resultados.

No entanto é preciso verificar se o investimento feito na capacitação está gerando resultados, por isso você deve usar o indicador de investimento em treinamento.

Ele ajuda a monitorar os resultados desse investimento, analisando se os funcionários melhoraram seu desempenho, se estão engajados e se a produtividade aumentou.

Ele também mostra o grau de satisfação dos profissionais e o comprometimento deles para participarem do treinamento.

Assim é possível analisar se o treinamento teve êxito ou não.

Produtividade

Outro indicador interessante é o de produtividade, pois ele mede como está o rendimento no ambiente de trabalho.

Empresas que são consideradas eficientes produzem mais com as mesmas condições que as concorrentes, isso acontece devido à diminuição de erros e retrabalho.

Para medir a produtividade é feita a divisão dos produtos ou serviços gerados pelos recursos usados.

Assim, por exemplo, se uma empresa de sapatos produziu 10 mil pares por mês tendo uma equipe de 100 funcionários.

Então a produtividade é de 100 sapatos por profissional.

Competitividade salarial

Esse indicador faz a relação do salário pago pela empresa e a média do mercado.

Dessa forma é possível ver se a organização está pagando um valor muito abaixo ou acima da média.

Pois o salário é um dos primeiros pontos que atrai os profissionais para trabalhar na empresa e é capaz de aumentar a motivação, satisfação, além de reter mais talentos.

No entanto atualmente os profissionais também estão valorizando outros pontos como amenidades no ambiente de trabalho, benefícios, relações interpessoais, projetos de saúde mental e cultura organizacional.

Por isso é necessário que haja um conjunto de fatores para atrair e reter os talentos na empresa, mas o salário não pode ficar de fora.

Por que usar os indicadores de RH?

gestão

É essencial usar os indicadores de RH, porque o mercado de trabalho mudou, assim como a maneira com que as empresas lidam com os colaboradores e os processos da rotina de trabalho.

Por isso usar os indicadores é uma boa forma de analisar dados e informações que ajudem a entender como estão as condições do negócio.

Além disso, as pessoas são os bens mais valiosos de uma empresa, assim é preciso tomar as ações certas para que os colaboradores se sintam satisfeitos no ambiente de trabalho e possam gerar bons resultados.

Os indicadores podem ajudar a analisar os fatores mais relevantes para melhorar a cultura organizacional e ao mesmo tempo monitorar os resultados.

Dessa forma é possível elaborar estratégias para o desenvolvimento dos colaboradores e do negócio.

Como escolher os indicadores certos?

Para escolher os indicadores fundamentais de RH que sua empresa precisa é necessário traçar um objetivo que deseja alcançar.

Dessa forma fica mais fácil saber por que escolheu determinado indicador e como ele pode ajudar a gerar bons resultados.

Por isso a empresa precisa pensar de forma estratégica, pois sem um bom planejamento o tempo vai ser gasto inutilmente e não ajudará a atingir o objetivo.

Por exemplo, vamos supor que sua organização queira melhorar a produtividade dos colaboradores.

Sabendo disso já é possível ter uma noção de quais indicadores usar como: produtividade, satisfação e clima organizacional.

Com esses indicadores é possível analisar como está a produtividade das equipes, se os funcionários estão satisfeitos e se o ambiente de trabalho está em harmonia.

Assim a organização pode identificar problemas e focar neles para criar estratégias para solucioná-los e reverter a situação.

Além disso, é preciso analisar qual o momento ideal para usar os indicadores de RH.

O ideal é determinar um tempo, por exemplo, uma vez por ano ou a cada seis meses para poder analisar o que mudou e o que não mudou.

Também há ferramentas que podem ajudar a coletar os dados de forma automatizada e prática.

Usá-las fará toda a diferença, pois trará mais agilidade e melhorará a gestão de tempo.

Quais atitudes tomar caso os indicadores de RH mostrem algo ruim?

indicadores de RH

Se você utilizar os indicadores fundamentais de RH e eles mostrarem problemas e erros que é necessário corrigir não é preciso se alarmar.

Pois o objetivo é avaliar se as estratégias que a empresa está realizando estão dando certo ou não, assim por meio dos resultados é possível saber como está a situação para pensar no que fazer.

Dessa forma você pode analisar e elaborar estratégias para tomadas de ação que possam melhorar a situação.

É possível tomar ações preventivas e corretivas, as preventivas possibilitam prever os problemas a médio e curto prazo e evitar que eles aconteçam.

Por outro lado as ações corretivas ajudam a corrigir os erros e problemas que o indicador encontrar.

Por isso é preciso que a empresa conte não apenas com os gestores, mas também com os próprios colaboradores para vencer os problemas com rapidez e eficiência.

Conclusão

Como você viu os indicadores de RH são essenciais para monitorar as condições da empresa e elaborar estratégias para que a organização tome ações que ajudem a solucionar os problemas e corrigir os erros.

Mostramos 10 indicadores fundamentais de RH e que toda a empresa pode usar, como:

  1. Rotatividade
  2. Absenteísmo
  3. Retenção de Talentos
  4. Satisfação
  5. Clima organizacional
  6. Horas extras por horas trabalhadas
  7. Headcount
  8. Investimento em treinamento
  9. Produtividade
  10. Competitividade salarial

Esses indicadores são importantíssimos, pois com eles é possível identificar se as estratégias empregadas estão dando certo ou não e realizar um planejamento para tomar ações preventivas e corretivas.

Mas para isso é preciso saber escolher os indicadores certos, por isso a empresa deve traçar um objetivo e saber por que precisa de determinado indicador e como ele pode ajudar a chegar a esse objetivo.

Dessa forma é possível utilizar indicadores que vão ajudar sua empresa a realizar as mudanças necessárias para melhorar sua produtividade, satisfação dos funcionários, clima organizacional, entre outros fatores que irão contribuir para seu desenvolvimento. 

Previous article Recrutamento Híbrido: O que é e Quais as Vantagens
colaboradores engajados
Next article Turnover: Saiba como diminuir a Rotatividade da sua empresa

Escreva um comentário

Close