Melhores estratégias para retenção de profissionais de TI

Melhores estratégias para retenção de profissionais de TI

Com o mundo cada vez mais globalizado e o aumento expressivo da tecnologia, os profissionais de TI, estão sendo cada vez mais requisitados pelas pequenas e grandes organizações ao redor do mundo. No Brasil, a contratação desses profissionais tem só aumentado. No entanto, atrair e contratar pessoas nem sempre é o maior dos desafios. Muitas vezes, o desafio está em reter profissionais engajados e motivados na equipe

Pensando nisso, separamos neste artigo as melhores estratégias para retenção desses talentos. Boa leitura!

Confira as melhores estratégias para retenção de profissionais de TI 

Sem dúvidas, retenção de talentos é um assunto de prioridade para as empresas. Principalmente no setor de Tecnologia da Informação, que a cada dia que passa cresce e vem ganhando mais importância e visibilidade no mercado de trabalho e no planejamento estratégico das organizações. 

desafios na contratação de profissionais de TI

A área de tecnologia da informação é um nicho de alta demanda e, cada vez mais, os empregadores terão que aumentar seus esforços como forma de reter esses talentos. Afinal, é frustrante contratar, investir tempo e dinheiro na formação e qualificação de um profissional, para vê-lo sair da empresa com pouco tempo, seduzido por propostas melhores. 

No entanto, algumas estratégias de retenção podem fazer com que a sua empresa apresente a melhor proposta para este profissional. Separamos as melhores para você, confira:

1. Invista em treinamento e desenvolvimento

O treinamento e desenvolvimento é considerado a primeira e mais importante ação para reter profissionais de TI. Sendo assim, é importante investir na qualificação desses talentos.

Esses profissionais entendem a necessidade de trabalhar com tecnologias novas e emergentes. Para, assim, manter suas habilidades relevantes e em demanda no futuro. Nesse sentido, os estudos e a especialização constantes fazem parte da carreira desses profissionais. Por isso, a empresa precisa elaborar um plano de treinamento e desenvolvimento que ofereça esse constante aprendizado. 

Com isso, a empresa terá uma vantagem competitiva no mercado de trabalho, e contará com uma ação estratégica de retenção de talentos.   

Cursos e projetos de desenvolvimento profissional e pessoal mostram o seu compromisso e valorização frente ao novo colaborador. Isso também mostra ao profissional que ele terá uma longa evolução enquanto estiver contribuindo com o sucesso da empresa.

Esse esforço vindo da organização traz consequências para os dois lados: faz com que o colaborador note a preocupação da empresa com seu aprendizado. E, claro, a empresa ganha com uma equipe de alta performance e antenada, que poderá aplicar as melhores práticas do mercado em prol dos resultados organizacionais.  

2. Crie planos de carreira e benefícios atraentes

Muito mais do que salários atraentes e compatíveis com o mercado, a maioria desses profissionais tem o desejo de crescer na empresa. Aspirar cargos de níveis mais elevados é comum para estes profissionais, e isso pode – ou deve – ser usado como uma estratégia de retenção de talentos. 

Por isso, tão importante quanto treinar e desenvolver, é criar um plano de carreira que seja bem estruturado. Isso significa definir os papéis que serão desempenhados, as responsabilidades de cada nível, bem como o que é necessário para chegar lá. Essa é, sem dúvidas, uma das melhores formas de manter os funcionários motivados e engajados: oferecendo oportunidades de crescimento. 

Afinal, negligenciar um bom funcionário pode fazer com que ele se sinta desvalorizado e com o desejo de procurar outras posições no mercado, em outras organizações. Portanto, use todos os recursos que você puder para evitar esse desejo do profissional, de buscar por outras opções no mercado. 

Esse plano de carreira deve ser compatível com a realidade da empresa, e com os desejos dos interessados. Uma forma de descobrir esse segundo aspecto é perguntando logo na entrevista, ou até mesmo para seus colaboradores: onde você se enxerga daqui a 5 ou 10 anos? Assim, você poderá analisar quais são as expectativas desses profissionais de TI em relação às suas carreiras.  

Acredite: um plano de carreira atrativo é um fator de grande peso para a retenção de profissionais, seja de TI ou de qualquer outra área. 

Além disso, se você não tem condições – no momento – de oferecer um salário fixo muito atraente, então precisa investir em política de benefícios. Veja a seguir quais benefícios são mais atraentes para esses profissionais de TI.  

2.1 Quais benefícios mais atraem candidatos de TI 

Como dissemos, os profissionais da área de tecnologia da informação buscam mais do que um bom salário. Eles desejam grandes desafios, e querem trabalhar em um lugar onde possam ter autonomia para testar, aprender e avaliar. 

Afinal, pessoas com esse perfil se sentem desenvolvidas quando conseguem colocar em prática as suas ideais ou os conhecimentos que adquiriram ao longo de suas vidas profissionais e acadêmicas. Mas, onde entram as bonificações? 

Essas devem estar em seu horizonte, pois são uma maneira de reconhecer e valorizar os talentos. Os profissionais podem ser pagos por desempenho em projetos, por produtividade em tarefas específicas do setor, e até mesmo a participação nos lucros.

Mas, quais são as bonificações mais buscadas pelos profissionais de TI? Entre elas, podemos citar:

  • um salário competitivo com pacote de benefícios completo;
  • trabalhar com tecnologias novas;
  • ter a sua disposição os melhores equipamentos, que propiciem colaboração, criatividade e produtividade;
  • horários flexíveis, possibilidade de trabalho híbrido;
  • dress code informal;
  • possibilidade de trabalhar em ambientes inovadores 
  • e um trabalho com um propósito na qual eles acreditam, entre outros. 

3. Forneça acesso à tecnologia de ponta 

E por falar em tecnologia e ambientes inovadores, é claro que as pessoas apaixonadas pela área de tecnologia da informação são naturalmente atraídas por organizações que garantem o acesso à tecnologia de ponta. Seja um software, um hardware, metodologias ou serviços que fazem seus olhos brilharem.

Isso porque, como bons solucionadores, eles gostam de testar – muitas vezes quebrar e consertar – ferramentas como forma de melhorar suas habilidades. Quando são confrontados com novas tecnologias, um novo mundo se abre para esses profissionais, e eles se sentem muito mais motivados para continuar na empresa, pois são estimulados a pensar e a resolver.   

profissionais do futuro
Ofereça as melhores condições para os profissionais do futuro. | Foto: pixabay.com

4. Crie uma cultura empresarial agradável

Em quarto lugar, se você pretende aumentar as chances de reter profissionais de TI, então é importante investir em uma cultura organizacional – no mínimo – agradável. Afinal, as pessoas passam grande parte dos seus tempos no trabalho, e investir em uma equipe harmoniosa é fundamental. 

Todo mundo deseja trabalhar com pessoas de quem gosta por perto. E se os colegas puderem compartilhar interesses semelhantes, melhor ainda. Quando os relacionamentos agradáveis se alinham a uma cultura forte e correta, o trabalho em equipe pode fluir o melhor possível.

Aspectos como fornecer um ambiente físico organizado e a configuração de mesa corretos pode ser fundamental para manter os colaboradores envolvidos e satisfeitos. Pode parecer bobagem, mas já pensou em ficar o dia todo no computador, em uma mesa que não é ergonomicamente apropriada? Além de problemas na coluna e circulação, por exemplo, o ambiente se torna exaustivo. 

Tenha certeza que é muito mais barato (a média e a longo prazo) investir em uma ambiente físico confortável, do que perder talentos para outras organizações que oferecem aquilo que eles estão buscando.  

Além disso, o alinhamento entre os valores, a visão e a missão da organização e dos profissionais precisa existir, e esse aspecto é avaliado antes mesmo da contratação, no processo de recrutamento e seleção.   

5. Forneça um bom ambiente de trabalho e fortaleça sua marca empregadora

Essa estratégia está diretamente relacionada a anterior. O clima no ambiente de trabalho conta pontos na hora do profissional avaliar se vai permanecer nesse trabalho, ou se vale a pena investigar outras possibilidades lá fora. Aqui, o papel do líder é fundamental para que o relacionamento entre os colegas de trabalho seja baseado no respeito e na colaboração.

Em resumo, o excesso de disputa entre os profissionais, cria um ambiente desarmonioso, de fofocas e que fazem mal ao colaborador com o passar do tempo. E se esse colaborador sente preguiça ou desanimo de ter que acordar cedo para ir ao trabalho, por causa de um clima ruim, pode ter certeza que ele já está pensando em procurar outros horizontes lá fora – no mercado de trabalho.   

Portanto, invista em um clima de competitividade saudável, com regras e bonificações compatíveis com o desempenho. Não se esqueça de definir indicadores justos de desempenho para evitar injustiças e desentendimentos. Todas essas ações são ideais não só para criar um clima agradável. Mas, também são excelentes maneiras de aumentar a marca empregadora. Isto é, mais do que colaboradores satisfeitos, você cria verdadeiros embaixadores da sua marca. 

6. Crie metas desafiadoras

Embora o fator financeiro e o clima organizacional sejam muito importantes, é consenso entre os profissionais que só isso não é o suficiente para manter um funcionário motivado. Afinal, do que adianta um bom salário, com pessoas agradáveis no ambiente de trabalho, se esse profissional não sente que está fazendo parte de algo maior? 

Sendo assim, quanto mais desafiador for o ambiente de trabalho, mais esses profissionais de TI se sentirão motivados e engajados nos propósitos organizacionais. Por isso, a sua empresa deve apresentar metas que instiguem o profissional a cumpri-las com o máximo de empenho possível. 

profissionais de ti e metas desafiadoras
Crie metas desafiadoras para seus profissionais de TI. | Foto: pixabay.com

7. Treine a liderança para lidar com esses profissionais de TI 

Os bons líderes são difíceis de encontrar, pois, eles precisam motivar, instigar e engajar a sua equipe para entregarem o melhor resultado. Um líder que é carismático, democrático, inspirador e competente pode fazer toda a diferença quando o assunto é a retenção de talentos. 

Além disso, os profissionais buscam se identificar com os seus líderes. E essa identificação precisa surgir de forma natural. Ou seja, quando o profissional olha para a mesa do seu gestor, ele precisa se sentir confiante para levar suas ideias, desabafar sobre algum ponto de dificuldade e até mesmo pedir sugestões, quando necessário. 

Portanto, esqueça a figura do líder autoritário, que só fala e não tem paciência para escutar seus colaboradores. Atualmente, esse estilo de liderança não funciona e ainda, contribui para os altos índices de turnover e absenteísmo nas organizações. 

Uma das características principais de um bom líder da atualidade é estar presente e atento sobre todas as questões que envolvem a sua equipe. Os líderes atuais e seus comportamentos podem influenciar diretamente no comportamento dos funcionários. Portanto, treine seus líderes para que façam a diferença na equipe. 

8. Ofereça flexibilidade no local de trabalho

Por fim, a flexibilidade no local de trabalho é um dos benefícios frequentemente buscados pelos profissionais de TI. Quanto mais eles tiverem possibilidades de trabalhar em casa ou em outro ambiente, mais estimulados eles se sentirão. Pois, isso garante que eles trabalhem onde eles se sentem mais produtivos.

Além disso, essa ação envolve não só o local e o horário de trabalho. Mas, também a vestimenta e a capacidade de trabalhar em casa em alguns dias da semana. Implementar uma cultura flexível no local de trabalho é essencial para que muitos funcionários pensem antes de buscar por outra empresa que não oferece esse mesmo benefício. 

Se a cultura da sua empresa não permite um trabalho totalmente remoto, então, pense na possibilidade de um trabalho híbrido. Trata-se de um possibilidade onde o profissional irá para a empresa em alguns dias da semana. E nos outros fica trabalhando em casa. 

Com isso, os talentos se sentem motivados, e os resultados vão além da média, podendo entregar excelentes resultados.  

Em conclusão, lembre-se que a transformação digital exige também uma transformação cultural por parte da empresa. Essas mudanças podem oferecer experiências inovadores e positivas as suas equipes, impulsionando os resultados.  

Pense nessas melhorias como uma mudança ampla, trabalhe os valores, as crenças e o clima organizacional. Com essa mentalidade, as estratégias serão implementadas de forma muito mais assertiva. 

E aí, o que você achou desse conteúdo? Deixe nos comentários quais ações de retenção de talentos a sua empresa já implementa na rotina. E não se esqueça de compartilhar esse material com os seus amigos nas redes sociais.

Além disso, aproveite para acompanhar mais conteúdos como esses nos outros canais da EMPREGARE.com:

 

Tipos de entrevista de emprego e quais são seus objetivos
Previous article Tipos de entrevista de emprego e quais são seus objetivos
Como apresentar um projeto de RH para a diretoria?
Next article Como apresentar um projeto de RH para a diretoria?

Escreva um comentário

Close