Tipos de recrutamento: conheça os principais

entenda quais são os tipos de recrutamento

Porque ficar preso no recrutamento tradicional se é possível conhecer a vantagem de outros tipos de recrutamento, como, por exemplo, o recrutamento às cegas ou o recrutamento online? Cada recrutamento tem suas características e vantagens. Pensando nisto, preparamos este artigo para explicar a diferença entre cada um deles e quando é melhor aplicá-los. Continue lendo para descobrir!

1. Tipos de recrutamento: Externo

tipos de recrutamento externo

Sem dúvidas, este é o tipo de recrutamento mais tradicional. Trata-se daquele em que a equipe de RH vai em busca de profissionais qualificados fora da empresa. Ou seja, no mercado de trabalho.

Geralmente, este tipo de processo é realizado ou por desconhecimento da equipe sobre outros tipos de recrutamento. Ou quando o RH não consegue encontrar os profissionais com as competências necessárias nas equipes já existentes na organização.

Há alguns métodos utilizados para iniciar este processo. O mais comum é aquele em que a equipe faz a divulgação da vaga e aguarda o recebimento dos currículos dos candidatos interessados no cargo.

Nesse sentido, a equipe inicia o processo através de uma boa descrição da vaga para divulgação. Como os candidatos estão fora da empresa, o objetivo é atrair e captar os talentos que demonstrem as competências e habilidades necessárias para o cargo. Portanto, nesta descrição, é de extrema importância deixar claro quais são os requisitos mínimos necessários.

Este método é realizado pela maior parte das empresas. As vagas são divulgadas por diversos meios, desde sites de empregos até redes sociais.

Para agilizar o processo a empresa pode contar não só com sua equipe de RH interna, mas também com recrutadores externos e especializados, ou softwares inteligentes de recrutamento e seleção.

Outra técnica utilizada para realizar a busca é o headhunting. Neste método a equipe de RH contrata um headhunter ou alguma consultoria especializada em abordar profissionais de forma discreta. Neste método a lista de candidatos é menor, e busca-se os melhores talentos do mercado. Geralmente este método é escolhido para cargos muito específicos ou cargos de liderança.

Benefícios do recrutamento externo

Certamente, este é um dos tipos de recrutamento e seleção mais tradicionais, pois oferece algumas vantagens interessantes. Entre elas:

  • Grande volume de candidatos por vaga, assim o acesso a uma grande diversidade de trabalhadores também é proporcionada.
  • Possibilidade de captar grandes talentos e criar um banco de currículos incrível.
  • Quando o processo é bem realizado, as chances de conseguir uma contratação assertiva aumentam, em decorrência dos dois benefícios acima.
  • Oxigenação de ideias e possibilidade de rever os processos internos, e até mesmo inovar.
  • Enriquecimento ou reposicionamento do capital intelectual da empresa.

Mas, apesar do recrutamento externo oferecer inúmeros benefícios, é preciso considerar o clima organizacional. Buscar talentos fora da empresa é válido e pode ser um grande diferencial competitivo para os negócios. No entanto, é preciso certificar que os funcionários e os gestores também tenham suas expectativas atendidas para evitar problemas e enfraquecimento na cultura da empresa.

Leia também: Cultura Organizacional: aprenda agora mesmo como criar

2. Recrutamento interno

Ao contrário do recrutamento externo, neste a equipe não busca por talentos que estão no mercado, mas analisa e considera os profissionais que já estão dentro da empresa. Em outras palavras, trata-se de um processo de promoção ou de transferência de um talento para outros cargos ou setores.

Dessa forma, o processo é realizado com os profissionais que demonstrem ter as habilidade e competências exigidas para o cargo vago, e que estão dispostos a mudar de cargo, ou assumir novas tarefas e posições.

Neste caso, o aval do gestor deve ser considerado. A depender da cultura da organização, o funcionário precisa pedir permissão ao gestor para participar do recrutamento interno. Ou seja, mesmo que ele preencha todos os requisitos para o cargo, se o gestor não estiver disposto a abrir mão de seu talento no setor, ele irá ficar preso no departamento.

Mas, em grande parte dos casos, a equipe de RH intervém e faz uma espécie de mediação. Em outros casos, a empresa é mais flexível e permite aos seus funcionários participarem de processos seletivos internos.

Além disso, neste tipo de recrutamento, os métodos podem mudar um pouco em relação ao tradicional recrutamento externo. Muitas vezes o processo é mais barato e mais rápido, pois não exige tantas atividades, uma vez que a equipe já conhece os seus funcionários.

Dessa forma, o feedback do gestor para avaliar o talento para a nova vaga é de extrema importância, e é um dos métodos mais utilizados no recrutamento interno. As avaliações de desempenho também são materiais ricos para avaliar os talentos.

Benefícios do recrutamento interno

Existem muitas vantagens envolvidas no recrutamento interno. Além desse ser um dos tipos de recrutamento mais baratos, – pois utiliza menos recursos humanos e financeiros que o recrutamento externo, por exemplo – a principal vantagem é a possibilidade de motivar a equipe de colaboradores, e selecionar quem já está de acordo e alinhado a cultura organizacional.

O foco deste tipo de recrutamento é a retenção e a valorização dos talentos da empresa. Além disso, fatores como fortalecimento da cultura e da marca empregadora se tornam presentes em decorrência da satisfação dos colaboradores.

Também é uma excelente forma de reduzir custos e contratar com mais precisão, principalmente os cargos mais altos. Afinal, a empresa já conhece o colaborador, e este tem grandes chances de aprendizagem e de oferecer o seu melhor para ajudar a empresa a atingir os resultados que deseja.

3. Recrutamento misto

RECRUTAMENTO MISTO

Este terceiro tipo de recrutamento, na verdade, nada mais é do que a soma dos dois primeiros já mencionados. Nesse sentido, a equipe olha não somente para os talentos que estão disponíveis no mercado de trabalho, como também valoriza a matéria-prima que já está dentro da organização.

Em suma, este modelo é um dos mais completos, pois abrande um leque maior de candidatos.

Geralmente ele começa com a busca de profissionais de dentro da empresa, através do anúncio de vagas, avaliação dos funcionários que têm interesse e perfil para o cargo. E então, o gestor parte para o recrutamento externo.

Aqui são duas opções: atribuir maior peso ao recrutamento interno ou ao externo. Ou, como forma justa de avaliação e oportunidade, tratar os dois em igualdade, com os mesmos parâmetros de avaliação.

Para garantir um processo seletivo transparente e para evitar possíveis desentendimentos, principalmente em relação aos colaboradores, vale deixar claro o modelo de recrutamento. Bem como quais são os parâmetros de avaliação.

Benefícios do recrutamento misto

Assim como os outros tipos de recrutamento, o misto oferece grandes vantagens. No entanto, é preciso ficar atento à algumas questões, como, por exemplo, o tempo do processo seletivo. Apesar de ser um modelo justo e abrangente, o recrutamento misto é mais complexo e demorado. Portanto, caso o cargo precisa ser ocupado com certa urgência, o modelo misto não é o mais adequado.

Caso contrário, o recrutamento misto é interessante para a empresa que busca:

  • Aumentar o nível de competição, buscando os melhores talentos nos dois ambientes.
  • Um método mais preciso de contratação.
  • Flexibilidade de cenários de recrutamento.
  • Bem como variedade de candidatos.

O que a empresa não irá encontrar neste tipo de recrutamento é a redução de custo, nem mesmo agilidade. Mas é uma excelente maneira de buscar os melhores profissionais do mercado, e valorizar aqueles que já estão dentro da sua empresa e que valorizam a cultura organizacional.

Leia também: Recrutamento e Seleção: 10 dicas para recrutar melhor

4. Tipos de recrutamento: online

Graças aos avanços da tecnologia o recrutamento online é um dos tipos de recrutamento que mais vem crescendo nos últimos anos.

Na realidade, trata-se mais de uma ferramenta utilizada para tornar os processos internos, externos e mistos mais assertivos e eficientes. Atualmente, com tantos recursos oferecidos no mercado, é um erro não contar com a ajuda da tecnologia para facilitar os processos seletivos.

Desde a divulgação inicial das vagas até as entrevistas de seleção podem ser feitas online. Este modelo garante flexibilidade, agilidade, bem como conforto, tanto para a equipe de RH, quanto para os candidatos.

Com a ajuda da tecnologia e dos sistemas avançados que oferecem recursos para facilitar e otimizar o processo de recrutamento e seleção através de inteligência artificial, o RH tem se adaptado cada vez mais para implementar este novo modelo de seleção como forte estratégia para os negócios da organização.

recrutamento online

Neste modelo, os testes e até mesmo as dinâmicas de grupo podem ser realizados através de aplicativos e chats.

Além disso, a empresa pode contar com o próprio site da organização e com as redes sociais para otimizar a busca. Por exemplo, o LinkedIn tem se destacado, nos últimos anos, como uma excelente ferramenta para fazer networking, anunciar as vagas, e selecionar os melhores talentos do mercado.

Benefícios do recrutamento online

Como os testes e as dinâmicas podem ser feitas online, uma das vantagens é que os sistemas inteligentes cruzam as respostas dos candidatos e oferecem relatórios resumidos e completos sobre os candidatos. Dessa forma, fica mais fácil avaliar se os candidatos são adequados para o cargo.

Além disso, um dos grandes benefícios é a redução expressiva do tempo gasto na triagem de currículos. Isto porque os sistemas geralmente disponibilizam filtros para tornar a triagem muito mais rápida e prática.

Outros benefícios também podem ser observados no recrutamento online, tais como:

  • Ampla divulgação dos anúncios em meios digitais, e em mais de um canal.
  • Facilidade na comunicação com os candidatos.
  • Redução de custo e tempo.
  • Ampliação do alcance do processo.
  • Automatização de tarefas longas e repetitivas, entre outros.

Apesar do recrutamento online oferecer inúmeros benefícios para a organização, é preciso se atentar a um aspecto específico: o fator humano. Ou seja, pelo fato de todo o processo ser feito online, à distância, com pouca ou nenhuma interação, é preciso tomar cuidado para que o processo não se torne trivial, afetando a qualidade da contratação. Bem como a experiência do candidato.

Em contrapartida, apesar dos cuidados que precisam ser tomados, a tendência é que o recrutamento online supere os demais tipos de recrutamento.

Recrutamento às cegas

Por último, o recrutamento às cegas é novo, e surgiu para atender à demanda de diversidade na cultura e no ambiente de trabalho. Nesse sentido, os dados que poderiam gerar qualquer tipo de preconceito como, por exemplo, idade, gênero e etnia, são omitidos do currículo dos candidatos.

Para exemplificar, vamos imaginar que em sua empresa há um cargo de liderança para o departamento de logística em aberto. Você recebe currículos incontáveis que constam todas as competências, experiências e habilidades mínimas para o cargo. Estes currículos não constam apenas informações pessoais dos candidatos. Através desse processo, é possível fazer uma análise às cegas e decidir de forma mais justa quem serão os candidatos apropriados para o cargo.

Este é um dos tipos de recrutamento que mais garante o incentivo à diversidade. No entanto, apenas as primeiras etapas do processo de recrutamento são utilizadas as técnicas de seleção às cegas, uma vez que em algum momento será preciso ter algum tipo de interação com os candidatos.

Muitas empresas já aderiram ao modelo de recrutamento às cegas. Principalmente aquelas empresas que buscam pela cultura de inovação.

Benefícios do recrutamento às cegas

Por fim, assim como todos os outros tipos de recrutamento, a seleção às cegas também oferece vantagens interessantes. Confira a seguir algumas delas:

  • Aumento da produtividade, uma vez que apenas a capacidade e o talento profissional ganha destaque neste tipo de recrutamento.
  • Respeito e incentivo à diversidade, como forte diferencial competitivo para as organizações no mercado de trabalho.
  • Fortalecimento da marca empregadora. Afinal, investir na diversidade contribui para uma imagem positiva da empresa.
  • Maior valorização dos profissionais.
  • Redução de custos através de um processo mais assertivo, entre outras.

Conclusão

Em conclusão, os tipos de recrutamento possuem diferentes características, benefícios e riscos. Portanto, é preciso que a equipe responsável pelo recrutamento faça uma análise criteriosa para uma boa decisão. Esta decisão também dependerá e muito do tipo de vaga, do cargo e dos objetivos estratégicos da organização.

Que tal tornar o seu processo seletivo mais prático e otimizado com ferramentas prontas para atender todas as suas necessidades?

A EMPREGARE.com oferece a melhor tecnologia do mercado em termos de software de recrutamento e seleção. Além disso, uma garantir de redução de até 80% do tempo de contratação.

Ficou curioso? Clique aqui e agende uma demonstração com um de nossos especialistas.

Por fim, este conteúdo foi útil para você? Deixe um comentário e não se esqueça de compartilhar este material em suas redes sociais.

Aproveite para seguir a EMPREGARE nas redes sociais. Estamos no Instagram, no LinkedIn, e no Facebook. Além disso, disponibilizamos conteúdo enriquecedor em nosso canal no YouTube.

Sinais de depressão no trabalho e responsabilidade da empresa
Artigo anterior Depressão no trabalho: boas práticas para aplicar em sua empresa
como reduzir o tempo do processo seletivo
Próximo artigo Saiba como o Visão Hospital de Olhos reduziu em 90% o tempo do processo seletivo

Escreva um comentário

Fechar